Carne de cordeiro: receitas e muito mais

Mitos sobre a carne de cordeiro? Qual a diferença entre cordeiro, ovelha e carneiro? Carne ovina tem cheiro e sabor forte? Qual é o sabor da carne de cordeiro? Como preparar carne de cordeiro? Quais vinhos harmonizam com carne de cordeiro? Receita com carne de cordeiro no fogão? Receita de carne de cordeiro na brasa?

Algumas dessas dúvidas são suas? Então segue lendo esse post que hoje vamos te falar sobre todos esses tópicos!!

Qual a diferença entre carne de cordeiro, carne de carneiro e carne de ovelha?

A pergunta mais feita no google! rss é a sua também? Nós vamos te explicar!

Cordeiros são animais de até um ano de idade e sem dentes, que resultam em uma carne muito delicada, levemente rosada e com baixo teor de gordura.

Carne de Ovelha e de Carneiro são de animais acima de 1 ano. Entre essas duas existe ainda uma diferença regional na nomenclatura!

Em algumas regiões do Brasil é considerado carne de ovelha a da fêmea e de carneiro a do macho. Já em outras regiões do Brasil como em boa parte do Rio Grande do Sul e fronteiras, a carne do animal adulto seja macho ou seja fêmea é chamada de carne de ovelha sendo utilizado Carneiro apenas para o macho reprodutor nas estâncias!

Nessas regiões se você disser que come carne de carneiro vão te chamar de louco! rsss Por via das dúvidas, a carne de cordeiro é sempre uma boa pedida! Seja pela definição, seja pela explosão de delícia no paladar! hehehe

Carne de Cordeiro
Carne de animais adultos

Carne ovina tem cheiro e sabor forte?

MITO!! Ou melhor, desinformação!

Por sua produção abaixo da demanda brasileira o acesso à carne ovina é mais restrita, havendo comumente muita desiformação no momento de adquirir e consumir essa carne!

A carne de cordeiro é muito suave e delicada no sabor, pois são abatidos apenas animais com menos de 1 anos de idade, comumente na faixa de 6 meses, alguns até menos!

Quando os animais vão ficando mais velhos, muito influenciados inclusive por sua alimentação, as características da carne vão mudando e com ela os sabores se intensificando! Somando à esta característica vem a procedência da carne, que impõe muita diferença na qualidade e sabor da carne final!

Comumente no comércio de carnes nobres a variedade encontrada é a carne de CORDEIRO a suave e delicada no sabor, levemente rosada, com pouca gordura, altos níveis de proteína magra e -para os focados em saúde- MUITO saudável por sua composição nutricional!!

Você também confundia essas qualidades? Conhece alguém que jura de pé junto que ela é forte?

Carne de Cordeiro é branca ou vermelha? Ela é saudável?

Entre os benefícios apontados por especialistas, está o fato de a carne de carneiro ser mais leve que a do boi, pois é digerida mais facilmente pelo estômago. A maior parte das gorduras da carne de ovinos é do tipo mono ou poli-insaturada, que reduzem o LDL, popularmente conhecido como colesterol ruim.

O grupo de carnes vermelhas inclui: bovina, suína, cordeiro e entre outros. Já o grupo de carnes brancas é composto por aves e peixes.

Características nutricionais da carne de cordeiro

Carne de cordeiro é branca ou vermelha?

Essa confusão bem comum acontece pelo fato de a carne de cordeiro ter uma cor linda levemente rosada e conhecidamente ser uma carne muito saudável

A carne ovina, é um tipo de carne vermelha que é mais rica em ferro do que a de galinha ou peixe. Chama-se de carne de cordeiro a carne dos ovinos jovens e carne de carneiro a dos ovinos adultos. Como uma rica fonte de vitaminas, minerais e proteínas de alta qualidade, o cordeiro vem a ser um excelente componente de uma dieta saudável.

Entre os benefícios apontados por especialistas, está o fato de a carne de carneiro ser mais leve que a do boi, pois é digerida mais facilmente pelo estômago. A maior parte das gorduras da carne de ovinos é do tipo mono ou poli-insaturada, que reduzem o LDL, popularmente conhecido como colesterol ruim.

Proteína na Carne de Cordeiro

Como todas as carnes, a de cordeiro também é composta, principalmente, de proteínas. Sendo uma fonte de alta qualidade de proteínas magra (teor entre 25 e 26%), ela também conta com todos os aminoácidos essenciais, que são necessários para o crescimento e manutenção do corpo. Esses fatores fazem dela muito benéfica ao tecido muscular, pois promove a nutrição ideal.

Gordura na Carne de Cordeiro

A carne de cordeiro tem uma quantidade variável de gordura. Esta depende da dieta, idade, sexo e alimentação do animal. Composta de gorduras saturadas e monoinsaturadas, em quantidades próximas, o cordeiro possui níveis ligeiramente mais elevados de gordura satura do que em carne bovina e suína. O sebo na carne do cordeio contém uma família de gorduras trans, que ao contrário das encontradas em alimentos processado, são consideradas benéficas para a saúde.

Vitaminas e Minerais na Carne de Cordeiro

O cordeiro é rico em vitaminas e minerais, tais como: vitamina B12 (importante para o sangue e função do cérebro), selênio, zinco (importante para a formação hormonal), niacina, fósforo (essencial para o crescimento e manutenção do corpo) e ferro.

Zoonutrientes na Carne de Cordeiro

Além das vitaminas e minerais, a carne de cordeiro contém nutrientes antioxidantes e bioativos, como: creatina (fonte de energia para os músculos), taurina (benéfico para o coração e músculos), glutationa e ácido linoléico conjugado (CLA).

Agora você já sabe! “É pela saúde” o prazer no consumo é só uma consequência! hahahaha

Dicas para quem está começando no mundo da carne de cordeiro

Inexperiente com carne de cordeiro? Será que é necessário deixar a carne de cordeiro de molho em temperos?

Por seu acesso ainda muito limitado no mercado, a carne de cordeiro é aquela incógnita para muitos nos primeiros preparos! Quem nunca ouviu aquele amigo palpiteiro dizendo que carne de cordeiro deve ser marinada por muitas horas que atire a primeira pedra! rs

A verdade é que ele está bem errado!! A carne de cordeiro é muito suave e delicada, qualquer tempero além do sal é capaz de anular a perfeição de sabor que essa carne tem!

Pensando nisso separamos 6 dicas para você que gostaríamos de ter recebido em nossos primeiros preparos de carne de cordeiro!

  1. Verifique a procedência da carne. Ela deve ter inspeção oficial, o que garante a segurança e a qualidade.
  2. A carne de cordeiro pode substituir qualquer proteína animal, como bovina, ave e frango em risotos, molhos e hambúrgueres.
  3. Esse aqui é o que mais causa confusão e faz aquele parente errar rudemente ao dizer que a carne de cordeiro tem cheiro e sabor forte: Carne de cordeiro (animal de até um ano) é diferente de carne de ovelha/carneiro (superior a um ano, animais já com dentes).
  4. Quanto mais jovem o animal, mais macia e com menos gordura será a carne.
  5. Os cortes mais procurados são filé mignon, carré, picanha, paleta e pernil.
  6. e aqui a dica de ouro: Temperar apenas com sal (ou salmoura) e ervas finas (a gosto) para não descaracterizar o sabor.

Receita para fogão: T-bone de cordeiro ao purê de mandioquinha

Essa é uma receita elaborada pelo Personal Chef Thiago Campos.

INGREDIENTES
para a Carne

  • T-bone de cordeiro
  • 3 dentes de alho
  • Manteiga
  • Azeite
  • Sálvia fresca
  • Tomilho fresco
  • Alecrim fresco
  • Sal e pimenta do reino a gosto

para o purê

  • 500 gr de mandioquinha
  • 2 colheres de manteiga
  • Sal a gosto.

PREPARO

  1. Aqueça a frigideira com a manteiga e passe um fio de azeite , quando estiver bem quente acrescente os cortes para selar, e tempere com sal e pimenta , adicione as ervas e os alhos amassados com casa e tudo, deixe tudo inteiro, pois a idéia e retirá-los assim que estiverem secos.
  2. Assim que estiver selados vire os cortes e os tempere novamente, até o ponto de sua preferência, retire e deixe descansando por uns 2 minutos.
  3. Descasque a mandioquinha corte-as em cubos e coloque para cozinhar em agua com sal.
  4. Assim que estiverem cozidas, passe por um espremedor ou pela peneira, feito isso acrescente a manteiga corrija o sal e misture bem para aveludar o purê .
  5. Disponha o purê no prato e repouse os t-bones sobre ele e sirva!

SUGESTÃO DE HARMONIZAÇÃO
Sirva acompanhado de um cabernet Sauvignon a 18°.

Receita para Churrasqueira: Picanha de cordeiro na brasa com Chimichurri de Hortelã

INGREDIENTES
para o Cordeiro

para o Chimichurri de Hortelã

  • Hortelã fresca
  • Azeite
  • Meio limão
  • Salsinha
  • Pimenta calabresa ou dedo de moça sem semente
  • Alho triturado frito

PREPARO

  1. Pique finamente todos os ingredientes adicione ao azeite o limão uma pitada de sal e meia colher de água.
  2. Tempere as peças de picanha com sal grosso ou sal de parrilha e coloque na grelha em brasa forte por 2 minutos de cada lado, até estarem bem seladas.
  3. Suba a fogo médio e deixe acertar o ponto por mais 5 minutos, virando na metade do tempo. Retire da grelha e deixe descansar por um minuto.
  4. Sirva acompanhado de chumichurri de hortelã.

Vinhos que harmonizam carne de cordeiro

Cordeiro assado e vinho! Aquela combinação que deveria ser vendida já no pack! rsrs Já que normalmente são adquiridos separados, separamos 3 sugestões de rótulos que Harmonizam super bem, segundo recomendação da Divvino!

  1. Château Haut Maginet Bordeaux (França)
    A garrafa, de origem francesa, é um blend 60% de Merlot, 20% de Cabernet Sauvignon e 20% de Cabernet Franc, que repousa por mais 3 meses em garrafa nas adegas do Castelo.

Suas características são ideais para a combinação com o cordeiro assado. Primeiro, passa pelo visual, que é cor brilhante púrpura. Além disso, é frutado com notas de flores e sutil hortelã. O paladar é envolvente com taninos maduros, acidez marcante de final delicado e elegante.

Resumindo: um vinho picante, doce, delicado e encantador!

  1. Vinorum Reserva Malbec 2014 (Argentina)
    Ao assar o cordeiro, pode ser que a gordura fique com a cor amarelada. Esse processo pode originar sabor de acidez. Para quebrar, é necessário um vinho com taninos equilibrados, como é o caso do rótulo argentino Vinorum Reserva Malbec.

O vinho conta com notas de geleias de frutas vermelhas, especiarias e madeira. É garantia de uma harmonização perfeita com o cordeiro!

  1. Donvito Prestige Salento (Itália)
    Vinhos de países tradicionais, como os italianos, sempre vão muito bem com carnes vermelhas. No caso do cordeiro assado, a indicação é o Donvito Prestige Salento. Seu visual apresenta cor púrpura intensa, enquanto, no nariz, é frutado com notas de ameixa seca, geleias e especiarias. No paladar, é bastante macio e possui excelente equilíbrio entre acidez e álcool.

Além disso, é envolvente com taninos polidos, acidez equilibrada e final persistente. Um vinho repleto de frutas maduras e especiarias, maduro e encantador!

Bora preparar essas receitas agora que você já sabe tudo sobre carne de cordeiro? Garanta as melhores carnes: SOCIEDADE DA CARNE

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *