Carne de Porco e outras superstições nas Ceias

Superstições de natal e ano novo! Uma das carnes mais procuradas para as festas de final de ano é a carne de porco. Apreciada por grande parte dos brasileiros, é um dos itens mais requisitados na ceia de Natal e de Réveillon.

Entre as opções mais requisitadas estão o lombo, a costela e o pernil.

SUPERSTIÇÕES NA CEIA: Carne de porco

A virada do Ano é marcada por muito simbolismo e superstições. Algumas das principais crendices para atrair boa sorte estão nos alimentos. Dentre elas a tradição de comer a carne de porco, segundo místicos, veio da China, pelo fato de acreditarem ser um animal que atrai prosperidade, isso porque o porco “fuça para a frente”. Na mesma lógica, não devemos consumir carne de aves, pois elas ciscam para trás – e você vai querer que o seu ano vá para a frente, né?

De acordo com a tradição, a carne suína vem ao centro e os outros alimentos complementam as boas energias.

Conheça alguns outros para turbinar seu ano novo!


SUPERSTIÇÕES NA CEIA: Nozes, castanhas, avelãs e tâmara

Além da carne suína, Nozes, castanhas, avelãs e tâmaras também são consumidas em vários pratos, tanto em receitas de Natal quanto de Réveillon, elas foram trazidas para o Brasil por imigrantes de origem árabe, que acreditavam que elas traziam fartura. Você pode utilizá-las tanto na decoração dos pratos quanto em doces, bolos, saladas, em uma farofa ou até mesmo no arroz, esses frutos – além de muito saborosos – são fontes de vitaminas e minerais.

Lentilhas

Continuando com o próximo alimento, acredita-se que comer um pouco de lentilhas na virada do ano traz fartura, prosperidade e crescimento no ano seguinte. Essa tradição veio dos imigrantes italianos, que consomem a lentilha de várias formas. Diz-se que a boa sorte e o crescimento que esse alimento pode proporcionar está associado ao grão de lentilha, que cresce dentro da panela. E se você quiser variar as receitas com ela, a gente também ajuda:


Peixes

Assim como o porco, os peixes só se movimentam para a frente. Bacalhau e outros peixes em geral também são muito consumidos na noite de Ano-Novo, por esta superstição de consumi-los nestas datas para ter um ano-novo próspero, que realmente “vá para a frente”. Além disso, já é uma tradição supergostosa e que definitivamente não pode faltar nas comemorações de fim de ano.


Uvas à meia-noite

A superstição teria surgido na Espanha, em 1909, quando houve uma boa colheita de uvas no país, sendo então associadas à boa sorte, o consumo das 12 uvas à meia-noite é relacionado a cada um dos meses do próximo ano – e aí dizem, ainda, que se a primeira uva é doce, janeiro também será, e assim por diante.


Garanta as melhores carnes, associe-se à Sociedade da Carne. O primeiro Clube de Carnes Nobres do Brasil.

associe-se

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *